PETS SÊNIOR: O que muda quando o meu gato envelhece?

PETS SÊNIOR: O que muda quando o meu gato envelhece?

Alguns sinais podem não ser tão evidentes no processo de envelhecimento do seu gato. Mas muito provavelmente, com o passar do tempo, ele apresentará algumas destas características:

1) Pelos grisalhos: assim como nos seres humanos, os pelos dos gatos também tornam-se cinzentos ao longo do tempo. Estes pelos começam a aparecer na face e nas patas, ou nas costas, e se espalham por todo o corpo.

2) Redução da mobilidade: o seu gato provavelmente ficará mais preguiçoso com o tempo. Isto porque ele terá menos disposição para brincadeiras, e aproveitará mais o tempo das sonecas.

3) Problemas dentários: pode ser que o seu gato apresente fragilidade nos dentes, o que implicará em dificuldade para comer. Além disso, gatos com muito tártaro podem sofrer de problemas como a gengivite (inflamação das gengivas) ou estomatite (inchaço generalizado das gengivas e dos tecidos de suporte), causando incômodo e dor.

4) Excesso de peso: em virtude da falta de disposição para atividades, os gatos mais velhos tendem a engordar. Além do ganho de peso, pode ser que o seu gato sofra de diabetes nesta fase da vida.

Para avaliar os riscos inerentes à estas alterações que podem ser sofridas pelo seu gato, é importante contar com o acompanhamento de um médico veterinário de confiança, além da realização de exames periódicos. Só assim, você conseguirá oferecer uma qualidade de vida ideal para o seu gato em processo de envelhecimento.

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *